Como posso realizar vendas em um stand criado em um evento?

 

A exposição da sua marca em um stand, em eventos, é uma janela e tanto para trazer visibilidade para sua empresa. Esse investimento dispõe de estratégias, para abraçar todas as oportunidades de retorno que surgem como consequência de uma boa estrutura e planejamento

Atualmente, as possibilidades no setor corporativo são inúmeras, por isso demandam equilíbrio e bom senso, a fim de não jogar dinheiro fora. Então se deseja colocar sua empresa em uma feira, é importante levar em conta os objetivos a serem alcançados e como atingi-los. No caso de querer vender em um stand, observe neste artigo as medidas corretas para chegar a essa meta.

 

Stand bem elaborado e organizado

Para ter sucesso de vendas em um evento, primeiro é imprescindível trabalhar a imagem do seu stand. O cliente que vai a uma feira é atraído por stands organizados e bem planejados. O ambiente não deve estar sujo ou aparentar desleixo.

Os produtos devem estar expostos em lugares acessíveis. Afim, de que as pessoas possam apreciá-los, escolhendo suas mercadorias, de maneira a manuseá-los sem grandes dificuldades.

Se perceber que não há muita saída de alguns produtos, mude-os de lugar. Contrate vendedores atenciosos e simpáticos. Pois, um stand com vendedor ruim também afasta vendas. Coloque vendedores convidativos que incentivem a entrada do cliente sempre que houver oportunidade.

Planejamento de marketing

A inclusão de um bom planejamento de marketing, também fará toda a diferença. É importante focar em metas durante e também nos pós-vendas. Pois, a maioria dos clientes de feiras costuma comprar produtos das marcas no pós-evento.

Um bom trabalho visual é onde tudo começa, chamar a atenção para atrair pessoas para o stand, pode incluir desde uma boa música, até folhetos impressos com algum tipo de brinde. A criação de promoção em produtos que são lançamentos também pode levar um bom número de clientes a serem instigados a visitar seu stand.

Não negligencie a embalagem, muitas empresas não investem em uma sacola bonita de material resistente, e o cliente sai do stand com o produto bem mal embrulhado. A sacola é um porta voz da sua marca, ela tem que levar o logo de identificação, e também ter o tamanho certo para os produtos. Imagine vários clientes andando de stand em stand com a sua sacola, até os concorrentes vão querer conhecer seu local de vendas na feira.

 

OHL Americas, o maior evento de saúde do continente, e como criar um evento online de sucesso

10

 

O Omnia Health Live Americas (OHL Americas), maior evento de saúde do continente, aconteceu na primeira semana de novembro de 2020. Totalmente online e gratuito, o OHL reuniu profissionais de destaque. Este foi o quarto evento digital promovido pela Hospitalar em 2020.

 

Em maio, foi realizada a Hospitalar.com, que incluiu webinars e o lançamento do aplicativo Hospitalar Connection – que reúne fornecedores e instituições de saúde. Em junho a Informa Markets, organizadora da Hospitalar, realizou o Omnia Health Live (OHL), o maior evento virtual do mundo, com 70 lives, participação de 200 palestrantes para quase 25 mil visitantes, 1.400 expositores, com mais de 11 mil produtos. Em setembro, foi a vez do Healthcare Innovation Show – HIS.  Nos três dias de evento, mais de 150 palestrantes apresentaram ao mundo as maiores inovações em saúde.

Os eventos online

Os eventos online são versáteis, podendo ser usados para engajar o público-alvo, desenvolver equipes ou atrair novos negócios. Alguns artistas e profissionais também estão usando esse recurso para angariar fundos e colaborar em ações sociais.

 

O formato online é uma oportunidade de expandir o alcance da sua marca e se conectar com pessoas de diversos lugares.

 

A verdade é que o coronavírus transformou o jeito como produzimos eventos, mas alguns aspectos relevantes ainda se mantêm. O propósito do seu evento, o engajamento, o networking e, claro, a monetização ainda continuam presentes!

Como criar um evento online de sucesso

1.   Tenha um bom planejamento

O mais importante para ter sucesso no planejamento é manter a organização. O primeiro passo é definir o objetivo da ação. Assim, fica mais fácil montar um cronograma completo, identificando a melhor temática de acordo com o público.

2.   Conheça o público do seu evento

De nada adianta ter um planejamento minucioso e não falar a língua do público. Inclua na fase inicial do projeto uma pesquisa detalhada sobre as preferências e necessidades dos potenciais participantes. Todas essas informações são fundamentais para investir dinheiro no lugar certo, sem deixar de lado a qualidade do serviço oferecido.

3.   Foque na divulgação

A divulgação precisa mais de criatividade do que de investimentos financeiros. A capacidade de se diferenciar está diretamente ligada ao estudo sobre o público – que responde de forma positiva quando aceita uma ação engajada. Essa proximidade durante as etapas da organização gera um aumento significativo nas inscrições, pois o assunto pode acabar viralizando.

4.   Utilize a tecnologia a seu favor

A tecnologia disponibiliza recursos capazes de agilizar o trabalho do organizador. A principal dica é encontrar uma plataforma de gestão para não ficar sobrecarregado e garantir a eficiência em todas as etapas.

5.   Monte uma estrutura completa

Engana-se quem pensa que um evento online exige menos dedicação. Pelo contrário, para entregar um bom conteúdo é preciso montar uma estrutura completa, centralizada nos equipamentos eletrônicos necessários, no palestrante e nas respostas às interações.

ABCasa Fair e a retomada dos grandes eventos em 2021

 

 

De 6 a 10 de fevereiro de 2021 o Expo Center Norte será palco de mais uma edição da ABCasa Fair. A feira é um dos principais eventos para o mercado de artigos para casa, decoração, presentes, utilidades domésticas, festas e flores do mundo.

Cerca de 50 mil visitantes profissionais (lojistas, arquitetos, decoradores, designers) de todo o país se reúnem para conhecer tendências, lançamentos e fechar bons negócios diretamente com os principais importadores, distribuidores, fabricantes e artesãos de todo o Brasil.

Maior feira do setor da América Latina, é um ponto de encontro B2B, que movimenta e incrementa a economia do país, em duas edições anuais, que acontecem sempre na cidade de São Paulo.

A organização anunciou que, assim como aconteceu na ABCasa Pocket Show, em outubro, serão seguidos todos os protocolos de segurança necessários. Entre as medidas de segurança previstas estão o uso obrigatório de máscaras, medição de temperatura, pontos de álcool em gel, limpeza frequente das áreas comuns, sinalização para distanciamento social.

Retomada dos eventos em 2021

Após uma fase inicial de retomada conturbada em alguns estados, as atividades sociais e os espaços coletivos começam a voltar a receber pessoas, mas ainda com rígidos protocolos de segurança sanitária. Redução de aglomerações, novos formatos para eventos, regras mais rígidas de higienização.

No “novo normal” a tendência é que o presencial se mescle cada vez mais com o online.

Expectativas para o setor de eventos

O grupo Feiras do Brasil, referência em informação sobre o mercado de feiras no país, realizou uma pesquisa na primeira quinzena de setembro para trazer projeções para o setor. A pesquisa de opinião, com dados coletados através de 5.152 formulários preenchidos e encaminhados entre os dias 02 e 11 de setembro de 2020, revelou as expectativas dos profissionais e executivos do setor de eventos.

A pesquisa foi dividida em três grupos: o primeiro sobre os impactos da pandemia COVID-19; o segundo sobre o novo normal dos eventos; e o terceiro sobre as projeções para 2021. Veja os números:

  • 64,67% acham que a implementação de protocolos similares aos já testados em shopping centers, por exemplo, viabilizarão a realização de feiras e eventos tradicionais antes da disponibilidade de uma vacina contra COVID-19
  • 71,74% acham que, com a aplicação destes protocolos, os novos formatos reduzirão nas pessoas e nas empresas a insegurança em participar de eventos

A pesquisa revelou que a grande maioria dos entrevistados se mostra confiante para retomada das feiras e eventos em 2021. Muitos também acham que esse mercado vai crescer. Confira os percentuais:

  • 75,54% acreditam que, em 2021, o interesse em participar de feiras e eventos não irá ser reduzido.
  • 47,28% acreditam que os eventos terão um crescimento maior do que em anos normais

A pesquisa é uma opinião de empresários do setor e ajuda no estudo das autoridades de saúde para que o segmento retome suas atividades de maneira gradual e segura.

 

 

 

 

Como investir na Comunicação Visual e ter um diferencial no mercado

 

A comunicação visual é uma importante ferramenta na hora de fazer seu negócio prosperar. Ela é a porta de entrada da sua marca. Afinal, é com ela que você vai realizar o primeiro contato com o seu público-alvo. Por isso, ela precisa ser impactante e capaz de transmitir a sua essência.

Além disso, de acordo com pesquisa do SEBRAE, investir na comunicação visual da sua loja pode causar um diferencial em relação aos seus concorrentes e podem aumentar suas vendas e seu faturamento de 12% a 40% dependendo do segmento e da estrutura da organização.

Por que investir em Comunicação Visual?

Aumento da credibilidade

Uma comunicação visual bem elaborada, pois ela vai transmitir a personalidade da marca, seja em um display acrílico ou em qualquer outra plataforma. Isso transmite confiança para o consumidor, uma vez que ele percebe que se trata de uma marca com personalidade e presença no mercado.

Novos clientes

Como consequência desse aumento de credibilidade, é natural que a marca consiga conquistar mais clientes. Dessa forma, aumentam as vendas e os lucros, além disso, é possível ganhar cada vez mais espaço no mercado digital.

Consolidação da marca

Para que uma marca se consolide, além de rótulos personalizados para seus produtos, ela também precisa de uma boa identidade visual, feita de maneira pensada e usando elementos como cores e formas ideais.

Dicas para uma Comunicação Visual Eficiente

Crie histórias a partir de um conjunto de informações

A melhor maneira de chamar atenção para um conteúdo visual é utilizando o recurso do storytelling. Você pode fazer isso buscando relações entre os elementos que precisam ser explorados.

Selecione o tipo de visualização adequado

Visualização de conteúdo é tão eficiente quanto os parâmetros escolhidos para exibi-lo. Invista num design consistente, claro e engajador. Seu conteúdo também deve fisgar o consumidor a primeira vista.

Estabeleça consenso entre o que está sendo comunicado e sua marca

Cada companhia tem um jeito de se posicionar, seja ele um tom de voz ou suas cores institucionais. Utilize gráficos, iconografia, tons e tipografia que já fazem parte de sua paleta visual. Eles ajudam a reforçar o que conhecemos como unidade gráfica.

Saiba para quem sua Comunicação Visual está sendo feita

Assim como no marketing trabalhamos com personas, na comunicação visual trabalhamos com público-alvo. Ele é tão importante de se identificar quanto a mensagem em si, já que orienta o teor dela. É preciso identificar o público-alvo de cada comunicação de maneira eficiente para que ela dê os resultados esperados.

Feiras do setor de alimentos para participar em 2021

Palco para conferir tendências futuras, inovações em soluções em equipamentos, produtos, tecnologias, serviços e lançamentos mais recentes do setor, as feiras são interessantes canais de atualização para os profissionais do mercado alimentício.

Além de conhecer outros profissionais, se aproximar das tendências e fazer networking, esses eventos ajudam a tirar o empresário da sua zona de conforto, o estimulando a buscar novidades para sua operação.

Confira algumas das feiras do setor que acontecem no Brasil em 2021.

Para se destacar no setor alimentício, os empreendedores precisam estar atentos às novidades e dispostos a aprimorar sua operação, desde o serviço prestado aos clientes até os equipamentos utilizados em sua cozinha industrial.

Rio Cake World – Edição Summer e Rio Cake World – Conexão Brasília

Feira voltada para confeitaria com cursos, demonstrações e exposições de bolos artísticos. O evento, destinado a cake designers, boleiras e confeiteiras, apresenta conceitos e tendências da confeitaria artística nacional e internacional, além de divulgar novas técnicas e produtos para quem trabalha no ramo.

Onde: Barra da Tijuca, Rio de Janeiro – RJ e Brasília – DF

Quando: Fevereiro de 2021 e Agosto de 2021

Mais informações

Anufood Brazil

A feira internacional de negócios exclusiva para o mercado de alimentos e bebidas é voltada para dez setores: agrifoods, meat, chilled & fresh food, dairy, drinks & hot beverages, fine food, bread & bakery, organic, sweets & snacks e food service.

Onde: São Paulo Expo, São Paulo – SP

Quando: 09 a 11 de março de 2021

Mais informações

Super Rio Expofood

A Super Rio Expofood reúne os setores de supermercado, panificação, hotelaria, franchising, conveniência e restaurantes. O objetivo é compartilhar conhecimento e firmar novas parcerias. Além dos estandes expositores, o evento conta com painéis de debate.

Onde: Rio Centro, Rio de Janeiro – RJ

Quando: 15 a 17 de março de 2021

Mais informações

Congresso Internacional das Indústrias

Com organização da ABIMAPI (Associação Brasileira das Indústrias de Biscoitos, Massas Alimentícias e Pães & Bolos Industrializados) e a ABICAB (Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Amendoim e Balas), o evento tem como principal objetivo contribuir para o fortalecimento e crescimento das categorias que as associações representam. Com espaço para networking e debates que abordarão questões ligadas ao consumo, análise de mercado, inovação, internacionalização das marcas e muito mais, o evento traz ainda, em paralelo à programação de palestras, a área de exposição e mais uma edição da Rodada Internacional de Negócios.

Onde: Hotel Resort Costão Do Santinho, Florianópolis – SC

Quando: 8 a 10 de abril de 2021

Mais informações

Expo Cakes Brasil

Voltada para cake designers, boleiras e confeiteiras, a feira conta com exposições e cursos. O objetivo é inteirar os profissionais do setor sobre as novidades e inovações em confeitaria.

 

Onde: Via Appia, Campinas – SP e Centro de Convenções SulAmérica, Rio de Janeiro – RJ

Quando: 20 a 23 de maio de 2021 e 14 a 17 de outubro de 2021

Mais informações

APAS Show

Reconhecida mundialmente como a maior feira supermercadista da atualidade, a APAS Show reúne a cadeia supermercadista do Brasil e do exterior em um evento segmentado, com expositores de diversos países. Além de ser um encontro para relacionamento e negócios, a APAS Show é uma oportunidade para ver lançamentos de produtos, as últimas novidades e as tendências do mercado.

 

Onde: Expo Center Norte, São Paulo – SP

Quando: 17 a 20 de maio de 2021

Mais informações

Fispal Tecnologia

Maior feira do setor de embalagens, processos e logística para as indústrias de alimentos e bebidas da América Latina. Apresenta as principais novidades e tendências do mercado, proporcionando aos visitantes as mais diversas soluções para o seu negócio. Além das últimas inovações e tendências do mercado, o evento discute como o setor de embalagens pode contribuir para o desenvolvimento da indústria alimentícia.

Onde: São Paulo Expo, São Paulo – SP

Quando: 22 a 25 de junho de 2021

Mais informações

Fispal Food Service

A feira reúne milhares de proprietários e gestores de restaurantes, bares, pizzarias, padarias, sorveterias, buffets, lanchonetes, indústrias de sorvetes, cafeterias, franquias e hotéis. O evento é uma oportunidade para conhecer as tendências do setor e encontrar mais de 470 expositores com soluções em produtos, serviços e equipamentos, além de fóruns e outras atrações.

Onde: Expo Center Norte, São Paulo – SP

Quando: 08 a 11 de junho de 2021

Mais informações

Fipan 2020

A Feira Internacional da Panificação, Confeitaria e do Varejo Independente de Alimentos é a maior do setor na América Latina e a principal feira de negócios no Brasil com foco na panificação, confeitaria e estabelecimentos que atuam no setor de food service. O evento apresenta novidades e tendências ligadas a automação comercial, máquinas e equipamentos, matérias-primas, insumos, embalagens, acessórios em geral, além de produtos finais. A Fipan é aberta a profissionais e gestores de padarias, confeitarias, restaurantes, pizzarias, buffets e lanchonetes, entre outros estabelecimentos da alimentação.

Onde: Expo Center Norte, São Paulo – SP

Quando: 20 a 23 de julho de 2021

Mais informações

Food Ingredients South America – FISA

Mais completo evento de ingredientes alimentícios da América Latina, é voltado para fabricantes de alimentos e bebidas, suplementos, nutracêuticos, empresas envolvidas com embalagem, segurança de alimentos, controle de qualidade, serviços, além de consultores, governo, associações, professores universitários, imprensa e mídias especializadas. Com soluções em food, health, organic e natural ingredients, a Fisa reúne, a cada ano, mais de 10 mil profissionais nacionais e internacionais, de mais de 40 países, para debater soluções em ingredientes saudáveis, orgânicos e naturais.

 

Onde: São Paulo Expo, São Paulo – SP

Quando: 10 a 12 de agosto

Mais informações

Expoagas

Considerada a maior feira de negócios supermercadista do Cone Sul, reúne mais de 370 expositores e em torno de 50 mil visitantes. Outro destaque do evento são as palestras e seminários, que abordam temas como qualificação profissional do setor em suas mais diversas áreas.

 

Onde: Centro de Eventos FIERGS, Porto Alegre – RS

Quando: 24 a 26 de agosto de 2021

Mais informações

Super Minas Food Show

A Convenção Mineira de Supermercados reúne profissionais dos supermercados, atacadistas e fornecedores para discutir as últimas tendências do setor, atualizar os conhecimentos e realizar negócios. Serão oferecidas palestras, fóruns, oficinas, reuniões e talk shows que antecipam as tendências do varejo mundial para mercado mineiro e brasileiro.

 

Onde: Expominas, Belo Horizonte – MG

Quando: 19 a 21 de outubro de 2021

Mais informações

 

 

O crescimento dos eventos “drive-in”

 

O setor de eventos foi um dos mais impactados pela Covid-19 e foi paralisado no mundo inteiro por conta da pandemia do coronavírus. No Brasil, o setor volta, aos poucos, a se movimentar. Shows, festas e diversos tipos de entretenimento se adaptaram à nova realidade através do drive-in.

Esse é um formato razoavelmente seguro de lazer e uma alternativa para as empresas de entretenimento voltarem a faturar. O modelo, que para muitos organizadores de eventos ainda é uma novidade, está atento aos novos protocolos de segurança..

Normas rígidas

A realização de eventos culturais no estilo drive-in deve observar, além de todas as questões administrativas usuais, os protocolos sanitários. Dentro do cenário de pandemia que vivemos hoje, o diferencial do modelo drive in será justamente o de lidar com as medidas sanitárias.

Nos espaços a céu aberto que recebem o drive-in, não deve haver contato entre equipe e funcionários e o público, respeitando o distanciamento mínimo de 1,5 m entre carros. Para garantir qualidade de som, em muitos casos o áudio dos filmes é transmitido dentro dos próprios veículos por meio de estações de rádio específicas.

O Governo do Estado de São Paulo, por exemplo, criou protocolos específicos para cada setor. Para o setor “Economia Criativa”, especificamente drive in, algumas das diretrizes são:

  • Manter distância de 1,5 metro entre os carros
  • Limitar a ocupação a 4 pessoas por veículo
  • Sair dos carros apenas para uso do banheiro
  • Uso de máscaras dentro dos carros.
  • Intervalo entre as sessões para higienização do local.

A origem do entretenimento drive-in

A exibição de filmes em espaços abertos surgiu nos EUA em 1933, na cidade de Camden, em Nova Jérsei. A invenção do primeiro cinema nesses moldes, originalmente chamado de Park-In Theater, é atribuída a Richard Hollingshead (1900-1975), então gerente de vendas da empresa de autopeças de seu pai.

Eles se tornaram um ícone da cultura americana da década de 1950 a meados dos anos 1960, quando o número de drive-ins nos Estados Unidos ultrapassou 4.000. No Brasil, os drive-ins chegaram apenas no fim dos anos 60. Em 1973, foi instalado, em Brasília, o Cine Drive-in, que funciona até hoje.

A retomada de eventos culturais é uma ação necessária e urgente para o setor. No pós-pandemia, o modelo dos drive-ins também é uma possibilidade não só para a exibição de filmes, mas também para outros tipos de evento, como shows, exposições, formaturas e cultos religiosos.

#cmstands #eventos #empresas #expositores

Tudo o que você precisa saber sobre eventos híbridos

10

 

A tecnologia mudou a forma de se comunicar em diversas áreas – principalmente na de eventos. Por isso, usar a interação presencial fazendo ponte com a online é a grande aposta do mercado. Esse recurso já vem sendo usado através dos eventos híbridos.

 

O formato híbrido tem sido usado durante o período de pandemia em países pelo mundo e é uma alternativa para continuar marcando presença no mercado de eventos. Esse formato de evento representa uma oportunidade de ampliar o alcance da sua mensagem, obter informações valiosas sobre os participantes, e obter um ótimo mailing do seu público-alvo pós transmissão

 

O que são os eventos híbridos?

Os eventos híbridos são aqueles que acontecem contemplando dois formatos diferentes, misturando experiências presenciais com uma programação online.

 

Nesses eventos, a participação dos palestrantes ou expositores pode ser feita por meio de transmissão online ao vivo para uma plateia que está reunida em um espaço físico. Nesse caso, o mediador de um debate pode estar presente no local do evento, conversando com participantes conectados pela internet.

 

Outra situação comum de um evento híbrido acontece quando um evento presencial é transmitido pela internet para outras pessoas. O público, que acompanha a programação de qualquer lugar do mundo, pode inclusive enviar perguntas que são direcionadas para os palestrantes.

 

Os benefícios dos eventos híbridos

1. Permite maior alcance

Ao organizar um evento híbrido, ele não estará restrito a uma localidade. Ou seja, será possível alcançar pessoas que não poderiam estar presentes fisicamente e poderão participar à distância. É possível usar o poder das ferramentas online para aumentar o alcance e o impacto de seu evento.

2. Melhor relação custo-benefício

Adotar o modelo híbrido também permite uma redução nos custos do evento com despesas logísticas, transporte, alimentação e hospedagem. Além disso, o evento híbrido depende menos de um espaço físico e, por isso, pode ser feito numa localidade que demande menor investimento. No entanto, será necessário investir mais em tecnologia.

3. Respostas imediatas e alto engajamento

O formato híbrido permite entender as opiniões sobre o evento durante a sua realização, sem ser necessário aguardar o seu fim para realizar uma pesquisa de opinião completa. Esse dinamismo permite ainda que ajustes certeiros sejam feitos just-in-time para direcionar as ações às necessidades do público, afinal, você estará os baseando em comentários, publicações e opiniões já feitos sobre o evento.